Materialização

O ato de materialização de documento consiste na impressão, pelo 5º Ofício de Notas, de um documento em formato eletrônico, certificando na página o tipo de documento, os dados referentes aos mesmos e a data da materialização. Os documentos podem ser materializados a partir da rede mundial de computadores (WEB) ou através de arquivo eletrônico apresentado para tal.

A materialização consiste na geração de documentos em papel, a partir de documento eletrônico. O mais comum é a autenticação dos documentos extraídos da internet, como por exemplo, uma certidão de distribuição de processos judiciais em nome de determinada pessoa.

Para fazer a materialização o escrevente autorizado pelo Tabelião acessa o site onde está o documento que precisa ser autenticado, imprime, coloca uma etiqueta na qual menciona o site, a data e a hora da autenticação, e assina esse documento, colocando um selo de autenticidade.

O documento materializado terá o mesmo valor que um documento original, dispensando a pessoa para quem for apresentado de ter que consultar o site e confirmar o seu teor.